A Copihel

Foi a primeira gráfica digital de Caxias do Sul, empresa familiar fundada em 1969 pelo casal João Antônio Zamboni e Sirlei Teresa Zamboni. Sempre tiveram como sonho, deixar um legado e um negócio para os seus filhos e hoje, são os 3 que administram o negócio: Cristiane no Marketing, Comercial e Inovação; Raquel, gestão financeira; Sandro, gestor técnico.

Foi 1994 que o primeiro filho, Sandro José Zamboni, entrou para o negócio, chegou inovando e abrindo um novo setor na Copihel: o setor da Computação, o que viria a ser a primeira gráfica digital da região da Serra Gaúcha, com um bureau de criação, impressão digital, comunicação visual e plotagem;Em 1996 a filha do meio, Raquel Cristina Zamboni, entra para área administrativa auxiliando sua mãe, Sirlei Tereza Zamboni e no mesmo ano, a filha mais nova, Cristiane Luísa Zamboni vem para ajudar o irmão Sandro, no setor da Computação, trabalhando como designer.

A loja matriz permaneceu no centro por 44 anos, em 2005 foi inaugurada a Copihel House no bairro de Lurdes, focada no atendimento ao cliente corporativo; em 2013, com necessidade de ampliação, a Housese transfere para a loja ao lado e em dezembro de 2014 a Copihel Matriz do centro se transfere para a Copihel House; as 2 lojas se unificam, juntando forças no intuito de oferecer um melhor atendimento aos clientes, estacionamento próprio e equipamento de alta qualidade.

A Copihel tem como foco atualização constante, prima pelo bom atendimento e criatividade tanto nas suas estratégias, quanto na solução dos problemas de comunicação impressa de seus clientes. Hoje tem no seu mix de produtos e serviços a impressão digital de pequenos e grandes formatos, uma linha extensa de brindes, impressão 3D e impressão têxtil.

Sua carteira conta com mais de 10.000 clientes cadastrados, dentre eles as maiores indústrias da região, do comércio, agências de propaganda, profissionais autônomos e clientes pessoa física.

Em 2019 muitas mudanças foram startadas através do novo planejamento estratégico, começando por se reposicionar através dos seus norteadores:

Propósito: Materializar ideias e sonhos de um jeito personalizado, criativo e do bem.

Missão: Ser uma referência no mercado de impressão online e off-line, materializando arquivos, ideias e sonhos de forma personalizada, criativa e do bem. Surpreendendo os clientes internos e externos através da empatia de forma sustentável e humana .

Valores: Empreendedorismo, Inovação, Criatividade, Diversidade,Trabalho em Equipe, Equilíbrio, Credibilidade, Empatia, Responsabilidade, Integralidade, Flexibilidade, Adaptabilidade, Informalidade, Sustentabilidade, Autenticidade.

A Copihel teve um crescimento no seu faturamento de 2018 para 2019 de mais de 20%, fazendo com que fosse possível investir em um novo sistema de gestão, um novo site, uma nova cultura, novos equipamentos, ampliação e reforma do espaço físico.

A Copihel adaptou-se facilmente ao mundo online por ser uma empresa digital, sempre presente através do site, nas redes sociais e no atendimento online. Em 2020 transformamos o que era um e-commerce em um Market Place, abrindo as portas para que outras gráficas e designers se habilitem a vender seus produtos através daCopihel. Fisicamente, também abre as portas, juntamente com a ampliação do espaço físico, em função do crescimento do negócio e através da revolução maker, surge umaspin-off: a Copilab.

 

A COPILAB

Um dos motivos que nos inspirou a iniciar o caminho no mundo de laboratórios de fabricação digital foi o desafio Fab City, criado em 2014 pelo prefeito de Barcelona, o qual desafia cidades a produzirem tudo que consumirem até 2054, trabalhando para tornar as cidades e os cidadãos localmente produtivos e globalmente conectados; utilizando o modelo de código aberto que vem se expandindo pelo mundo inteiro, possibilitando o acesso a arquivos simples e complexos de produtos, que podem ser produzidos através de qualquer um dos laboratórios de fabricação digital distribuídos pelo mundo. Isso nos fez perceber, que com alguns dos equipamentos que já tínhamos dentro da nossa empresa, poderíamos mudar algo no mundo, assim em 2019 abraçamos esta ideia, a qual fez todo sentido para nós, os 3 sócios da Copihel. A ideia é manter a produção da gráfica, que já está estabelecida no mercado desde 1969, utilizando a expertise da gráfica digital aplicada à revolução do movimento Maker (DIY - faça-você-mesmo, mão na massa), a qual vem sendo considerada a nova revolução industrial de proporções gigantescas para a nossa sociedade, mudando a forma como consumimos, muito mais atentos à questões ambientais e econômicas, é uma revolução na qual pessoas comuns, com mais ideias que dinheiro, farão a diferença.

Antes imprimíamos somente no papel, hoje estamos abrindo as portas para o futuro, imprimindo em 3D; hoje não recortamos apenas adesivos, recortamos MDF, acrílico, possibilitando a criação de novos produtos, protótipos e seguindo as dicas do inspirador futurista Thiago Mattos, embarcamos na ideia dos cursos que fizemos com ele: “Vai Lá e Faz” e “FOT” e iniciamos esse processo com pequenos passos, em projeto Beta, abertos à todas as transformações que este mundo pode nos trazer, investindo aos poucos em fazer deste mundo um mundo melhor. Nós queremos fazer parte desta revolução, como já fizemos parte da revolução digital, quando transformamos uma simples copiadora em uma gráfica digital. Nosso DNA é criativo desde a raíz, o fundador da empresa João Antônio Zamboni (pai dos sócios) era um grande maker, fabricava na sua oficina criativa equipamentos e peças que solucionavam problemas reais da Copihel. A criatividade é uma das habilidades mais fundamentais neste mundo pós-capitalista que vem pela frente, estamos preparados, queremos acolher os criativos aqui na nossa empresa, transformando a nossa cidade e juntos, transformando o mundo.